Páginas

quarta-feira, 20 de junho de 2012

MÃE do presidente da CPI recebeu dinheiro da Delta - CPI DO CACHOEIRA #POLITICA

RIO - A deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB), mãe do senador Vital do Rêgo, presidente da CPI que investiga as relações do contraventor Carlinhos Cachoeira com parlamentares e empresários, virou protagonista de uma inoportuna coincidência. Numa das transferências de valores do partido para sua campanha em 2010 foram doados R$ 50 mil provenientes de repasses feitos pela Delta Construções.

Ao GLOBO, a deputada afirmou desconhecer ter recebido qualquer recurso da Delta e que as doações neste valor foram feitas pelo diretório nacional do PMDB.

Já o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp, disse ao GLOBO que seu partido, assim como o PT, recebeu da Delta na época da campanha um total de R$ 1.150.00,00 e que este valor foi repassado para campanhas de todo o Brasil.

- A deputada Nilda Gondim realmente não teria como saber de onde veio a doação. Nem ela e nem os outros que também receberam dinheiro proveniente das doações da Delta. Foram muitos e eles poderiam ter recebido muito mais, aliás. E para nós, peeemedebistas, não há problema algum nisso - afirmou o senador.

Nilda, que está em seu primeiro mandato, garantiu que suas contas de campanha foram aprovadas e estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), cujo levantamento não informa quem doou aos partidos, mas sim aos candidatos.

- Não conheço a Delta, nunca recebi nada desta empresa e nem nunca vi este senhor (Fernando Cavendish, ex-presidente da construtora).
Perguntada se a informação, publicada na terça-feira no jornal Folha de S. Paulo, havia causado algum constrangimento, a deputada negou:

- Não me sinto constrangida em momento algum porque a notícia não é verdadeira. Não recebi nenhum valor desta empresa. O que houve, sim , foi uma doação do PMDB nacional. Foi através do diretório do meu partido que recebi doações neste valor - garantiu.

Na prestação de contas disponível no site do TSE consta que a deputada gastou um total de R$ 472.794,06 em sua campanha. Deste total, R$ 150 mil foram doados pelo diretório nacional do PMDB por meio de três cheques de R$ 50 mil cada, depositados entre setembro e outubro de 2010.
Para a parlamentar, a informação partiu de alguém interessado em prejudicar o trabalho de seu filho à frente da CPI.
- Meu filho tem um nome a zelar e está conduzindo muito bem as investigações; e eu tenho certeza de que esta CPI vai apurar os culpados. Vai ver é isso que está incomodando.
Delta diz que doações estão dentro da lei
Em nota, a Delta admite ter contribuído para diversas campanhas nos termos da lei.
“No ano de 2010 a Delta Construcoes contribuiu com campanhas eleitorais nos termos da Lei. Essas doações foram devidamente declaradas à Justiça Eleitoral. Não cabe a empresa, neste momento, nominar individualmente essas doações. Elas podem ser atestadas e acessadas publicamente junto aos tribunais eleitorais”.


0 comentários:

Postar um comentário

Postagens populares

Twitter Delicious Facebook Digg Favorites More